Exposição ‘Silvio Santos Vem Aí’

Neste feriado de Carnaval, minha amiga Karina (que costuma aparecer aqui no blog às vezes) veio aqui em casa e resolvemos fazer um passeio turístico/cultural. E como boas crianças dos anos 90, brasileiras e doidas por comunicação, não deixamos de conferir a exposição que está rolando no MIS sobre o maior comunicador deste país: Silvio Santos!

Não vou contar aqui toooda a exposição. Vou apenas dizer que vale MUITO A PENA a visita e que todos vocês precisam ir e ver de perto! Que se você gosta de comunicação, história e um exemplo de vida inspirador como Silvio Santos, você precisa ir até o MIS.

A exposição conta a história de vida de Tio Silvio, desde seu nascimento até hoje, passando por perdas, ganhos e triunfos. Então corra, porque estará aberta até dia 14 de março!

Continue Reading

Museu do Pelé

Considerando quem é o Pelé e toda a sua história, eu esperava muito mais do museu inteiramente dedicado a ele. O prédio onde está localizado o museu encontra-se de frente para a Igreja do Valongo, e foi totalmente reformado para abrigar o museu do rei.

Em tese, o museu é muito grande para tudo que foi colocado por lá. Sabemos que há muita história para contar, muita coisa para se ver. E considerando a figura que ele é, e o que o museu representa, deixou a desejar.

O museu estrutura-se da seguinte maneira: Logo na entrada, você se depara com o bondinho que faz um tour pela cidade (que não tem nada a ver com o museu do Rei, na verdade. Mas foi transferido para lá para atrair pessoas até o museu. Também fomos nele! Aguardem o post hahahaha). Assim que você se depara com o museu, percebe que a construção é antiga e restaurada, como quase tudo em Santos, já que a cidade possui um projeto de restauração do centro histórico, com abatimento em impostos.

No hall de entrada é possível conferir uma loja de souvenirs relacionadas ao Santos e ao Pelé, e na frente há uma lanchonete. Nada que me chamasse a atenção de início. Quando adentramos à parte dedicada ao museu, é possível ver vários andares dedicados ao Rei, com imagens, objetos, muitos troféus e faixas de campeão, porém um tanto quanto vazios e ‘vazados’. Existe uma ordem cronológica para ver os objetos lá dentro.

Começamos no térreo, onde estão itens de sua história, como meiões, chuteiras utilizadas em jogos importantes, contratos e fotos antigas, além de vários objetos. O indicado é você subir até o último andar e descer todos os andares, para a visita terminar onde começou. Cada título mundial equivale a um andar, sendo que a Copa de 1970, do México, possui dois andares. As pessoas se aglomeram ao lado de uma estátua do Rei, que fica em um desses dois andares dedicados à 1970, para garantir a tão sonhada selfie.

Para quem é santista, gosta de futebol e acompanha a história do Pelé, é um bom passeio a se fazer. Custa R$5 e é relativamente rápido de visitar por completo.

Continue Reading

Como levar remédios na mala de viagem

Seeempre me perguntam algo relacionado com ‘levar remédios na mala’. Sempre surgem dúvidas quanto ao que pode ser levado na mala de mão, que substâncias podem ser levadas, etc etc. O que sempre me aconselharam e que sempre avisei meus clientes é: se você toma algum remédio diferente ou com frequência, leve sua receita em inglês para caso haja algum problema. Mesmo que não peçam, que não seja obrigatório, é melhor prevenir do que remediar. Importante ter na receita a prescrição e também o nome genérico do remédio.

Em vários países, como os Estados Unidos, remédios simples como dorflex ou qualquer outro utilizado para combater a dor muscular, precisam de receitas. Sofri uma vez com uma dor na lombar e não pude comprar na farmácia, minha amiga que levou o remédio me salvou! E era um simples dorflex…

Caso você tenha dúvidas para comprar, mesmo com a receita, não tem problema. Você pode simplesmente levar os remédios que deseja e que costuma usar no Brasil. Leve cartelas de dorflex, remédios para dor de cabeça, para cólica, para alergia (principalmente!), para gripe, febre, enjoos, pomadas para picadas e para tudo que você ver necessidade de utilizar durante a viagem. Eles podem ser levados na bagagem de mão, desde que os líquidos tenham tamanho menor que 100ml.

Também é super importante ter um mini kit de primeiros socorros: Bandaid, Merthiolate, Antiséptico etc. Outro item que a galera costuma esquecer, mas ele deve estar com você viajando ou não: protetor solar e creme hidratante (seja frio ou calor, precisa!).

Não precisa se preocupar quando o assunto é esse. E espero que você não precise utilizar nenhum dos remédios que vai levar 🙂

Continue Reading