O transporte em San Francisco

A cidade da ponte mais famosa do mundo possui 4 tipos de transporte. O bart, que é tipo o metrô deles, o MUNI, que é um ônibus em trilhos mas que também anda debaixo do solo, os bondes que são tradicionais e os ônibus circulares. Recomendo fazer tudo utilizando o transporte público, pois em San Francisco estacionar um carro é praticamente impossível.

bart

O mais rápido deles é o bart, que também possui tarifas mais altas. Se você andar pela Market St., principal rua da cidade, verá inúmeras estações distribuídas. É através dele que você consegue chegar em Oakland (atravessando a bay área por baixo do mar), chegando também em Berkeley e o aeroporto, além de outros pontos estratégicos. É o melhor meio de se locomover na cidade, porém também é fácil se confundir.

mapa do bart em San Francisco
mapa do bart em San Francisco

MUNI

Enquanto estive por lá, por quase 2 meses, o bart entrou em greve 2 vezes. Tive que me virar com o MUNI, que é bem mais lento, para em várias estações e as vezes demora bastante pra chegar. Também é confuso em um primeiro momento, e os vagões e destinos são classificados pelas cores dos trajetos. Para ir de casa até a escola e voltar, eu sempre pegava a linha azul claro (K – a mais demorada) que ia de BALBOA PARK até a POWELL, principal estação da cidade pois fica no centro e perto das lojas famosas. É preciso prestar atenção também no sentido que o MUNI percorre. Inbound é quando está sentido CENTRO, e Outbound é sentido BAIRRO.

mapa do Muni
mapa do Muni

Cable Car

Vou te falar que os bondes lá não possuem uma ampla área de cobertura e andam em linha reta pela cidade em direções diferentes. Mas são ótimos pela experiência e se você tiver muitas subidas (o que não é difícil em SF) pelo seu trajeto. São 3 linhas que fazem as rotas. As filas de espera costumam ser grandes.

  • POWELL/HYDE STREET – maior trajeto do bondinho. Sai da estação central (powell) e vai até a Hyde Street, que fica no píer. Através desta linha você consegue chegar em alguns pontos turísticos: Lombard Street (a rua mais sinuosa do mundo), Fisherman’s Warf (no píer), Chinatown. É possível chegar no Cable Car Museum, que fica entre a Washington e a Mason St.
  • POWELL/MASON STREET – Também sai da powell, corta Chinatown e vai até a Taylor St. E Bay St. Também é possível chegar no Cable Car Museum, que fica entre a Washington e a Mason St.
  • CALIFORNIA ST – Uma reta só. Ele percorre a California St. Inteira indo até o Ferry Building. Ideal para se chegar em Embarcadero.

Ônibus circulares

Eu particularmente acho bem complicado andar de ônibus por lá. Eles dão muitas voltas e não consegui me localizar direito todas as vezes que andei neles. Mas vale a pena pegar da Market e ver os itinerários tanto no google quanto no próprio ônibus.

Valores

Por ficar muito tempo na cidade, acabei comprando o CLIPPER e colocando uma cota alta, que abrangia bart, muni e ônibus. Porém todos eles vendem tickets separados.
Bart – https://www.bart.gov/tickets
MUNI – https://www.sfmta.com/getting-around/transit/fares-passes
Cable Car – http://pt.wikihow.com/Comprar-um-Bilhete-para-o-Bonde-de-S%C3%A3o-Francisco

Mapa Turístico

Para encerrar, gosto muito deste mapa onde mostra as ruas, as rotas e os pontos turísticos, de forma ilustrada. Espero que ajude vocês quando estiverem passeando por San Francisco 😉



Continue Reading

Patricinhas de Santee Alley

Texto por: Renato Bodeman

Quando se pensa em compras em Los Angeles, já vem logo à cabeça aquele close de patrícia cheio de sacolas de grifes caríssimas, oclão na cara, e toda aquela linha Julia Roberts em Pretty Woman. Acho ótimo, mas infelizmente a gente ainda não tem um Richard Gere ou uma conta bancária generosa para fazer a Patricinha de Beverly Hills. E principalmente quando a gente precisa pensar na conversão Real/Dólar, que acaba tirando um pouco da graça da brincadeira.

Mas uma coisa que ninguém conta é que existe um outro lugar que dá para fazer a festa sem comprometer muito do orçamento da viagem. Esse paraíso se chama Santee Alley, fica localizado na região conhecida como Fashion District, em Downtown. Localizada entre a Santee Street e a Maple Avenue, o Santee Alley é a versão gringa da nossa maravilhosa 25 de Março.

Começando na década de 70, o lugar é composto por cerca de 150 lojas que vendem todo tipo de coisa, de qualquer lugar do mundo. É possível encontrar capinhas de celular, óculos, acessórios, roupas, brinquedos e vários souvenirs para presentear a galera quando voltar da viagem, sem medo de ter um ataque do coração quando chegar a fatura do cartão. E o melhor: Funciona todos os dias, inclusive aos feriados!



Continue Reading

Indo de metrô para a praia, por Ricca Barros

Começando setembro com mais um vídeo do querido Ricardo Barros, comentando sobre as novas linhas de metrô de Los Angeles com um fato especial: uma delas liga o centro da cidade à praia, no caso Santa Mônica! Já imaginou você indo de metrô para a praia?

 

Corre pra ver, porque tá incrível! E agora o Ricca é fixo na nossa equipe, então preparem-se para muito conteúdo cheio de glamour Hollywoodiano por aqui 🙂 Sigam o Ricca nas redes: @riccabarros



Continue Reading