Como levar remédios na viagem

remédios

Seeempre me perguntam algo relacionado com ‘levar remédios na mala’. Sempre surgem dúvidas quanto ao que pode ser levado na mala de mão, que substâncias podem ser levadas, etc etc. O que sempre me aconselharam e que sempre avisei meus clientes é: se você toma algum remédio diferente ou com frequência, leve sua receita em inglês para caso haja algum problema. Mesmo que não peçam, que não seja obrigatório, é melhor prevenir do que remediar. Importante ter na receita a prescrição e também o nome genérico do remédio.

Em vários países, como os Estados Unidos, remédios simples como dorflex ou qualquer outro utilizado para combater a dor muscular, precisam de receitas. Sofri uma vez com uma dor na lombar e não pude comprar na farmácia, minha amiga que levou o remédio me salvou! E era um simples dorflex… não adianta, lá é bem difícil comprar remédio. Previna-se!

Caso você tenha dúvidas para comprar, mesmo com a receita, não tem problema. Você pode simplesmente levar os remédios que deseja e que costuma usar no Brasil. Leve cartelas de dorflex, remédios para dor de cabeça, para cólica, para alergia (principalmente!), para gripe, febre, enjoos, pomadas para picadas e para tudo que você ver necessidade de utilizar durante a viagem. Pense em tudo que você pode precisar no dia-a-dia e coloque na mla. Eles podem ser levados na bagagem de mão, desde que os líquidos tenham tamanho menor que 100ml.

Também é super importante ter um mini kit de primeiros socorros: Bandaid, Merthiolate, Antiséptico etc. Outro item que a galera costuma esquecer, mas ele deve estar com você viajando ou não: protetor solar e creme hidratante (seja frio ou calor, precisa!). Importante colocar Bepantol labial ou qualquer outro hidratante para lábios que você costuma usar.

Se você é daquelas pessoas que costuma ingerir muitos remédios ou tem alguma condição clínica específica, visite seu médico antes e peça auxílio. Principalmente se você for viajar com crianças, torne o pediatra seu maior aliado e peça ajuda com os remédinhos para o pequeno ou pequena não sofrer longe de casa.

Importante também levar sua carteira de vacinação. Trate de achar esse documento INDISPENSÁVEL!

Não precisa se preocupar quando o assunto é esse. E espero que você não precise utilizar nenhum dos remédios que vai levar 🙂

Continue Reading

10 dicas para garantir a foto perfeita na sua viagem

Photo credit: Foter.com / CC0

Eu sou uma pessoa que adora tirar fotos enquanto viaja. Muitas vezes esqueço de me incluir na foto, de tão divertido que é poder registrar lugares com meus próprios olhos e ângulos.

Particularmente gosto muito das minhas fotos depois quando paro pra ver todas as fotos da viagem. Mas sempre acho que poderia ter tirado mais. Não tenho muito segredo na hora de tirar as fotos, tento pegar o máximo possível do cenário e incluir minha carinha lá. É quase um ‘eu estive aqui’. Mas se a foto ficar profissa, melhor ainda né? A memória daquela viagem inesquecível se torna mais concreta quando você tem fotos de lá.

Abaixo você pode conferir algumas dicas de como tornar suas fotos dignas de fotografo profissional! Ou simplesmente ter um ótimo registro da sua viagem 🙂

1. Eu acredito que alguns modelos de câmera fazem, sim, a diferença na hora da foto. Porém, não precisa de nada absurdamente caro e moderno. Considere a câmera que você já tem e que vai levar na viagem. Tem gente que se vira bem com a câmera do celular. Eu gosto de escolher algumas e revelar, portanto a qualidade de imagem do celular não me dá resultados tão satisfatórios na hora da revelação. Por isso sempre levo também minha câmera fotográfica junto. Saiba que carregar uma câmera pela viagem toda acaba sendo um peso que se torna insuportável à medida do tempo (eu pelo menos odeio andar carregando coisas, por isso sempre levo uma bolsinha pequena e do um jeito de caber tudo lá! hahaha)

2. Se você não se importar em levar coisas, ter um tripé desses de viagem é uma boa pedida. Porém acaba virando um problema em aeroportos, principalmente internacionais. Uma boa alternativa é o Joby’s Gorillapod: é pequeno, leve e flexível. Você pode deixá-lo da forma que desejar, e até agarrá-lo em árvores ou outros suportes para pegar o ângulo perfeito.

[envira-gallery id="1368"]

3. Mas se você não tiver tripé nenhum ou nem quiser comprar um, é só colocar sua câmera em um lugar estável (podendo ser um banco, uma mesa ou até o chão mesmo) e pronto! isso vai evitar que suas fotos saíam borradas 🙂

4. Se você está tentando fotografar algo muito grande e largo (como montanhas ou prédios) ou até muito pequenos, tente tirar algumas fotos que incluam pessoas no enquadramento, para facilitar a perspectiva e a escala na hora de registrar.

5. Por mais doido que pareça, usar o flash durante o dia é uma boa ideia! ele ajuda a preencher sombras e reduzir o contraste. Faça um teste!

6. Tente tirar fotos a noite! Na cidade você pode captar luzes e reflexos (especialmente perto de rios). Se você estiver longe da cidade, tente registrar o céu estrelado que é possível ver com mais clareza quando se está no campo.

7. Não tire foto apenas do objeto. Tire fotos de detalhes, tente diferentes ângulos e pontos de vista, com isso você saíra do senso comum das mesmas fotos de sempre.

8. Fuja das visões de turista. Siga seu instinto e explore os lugares. Muitas pessoas terão as fotos dos mesmos lugares, mas quantas poderão contar histórias sobre aquilo? Descubra lugares e ângulos escondidos. Explore!!

9. Tire fotos aleatórias das pessoas andando pela rua. Algumas farão pose, outras não perceberão e outras não vão querer. Mas o mais legal é tirar foto e registrar o cotidiano do lugar.

10. Por último, mas não menos importante: SAIA DE TRÁS DAS LENTES E VÁ APROVEITAR A VIAGEM! É legal tirar fotos, mas melhor ainda é explorar e aproveitar a aventura!

Continue Reading

O que levar na mala de viagem

Sempre que leio sobre esse assunto ou me perguntam, penso que seja uma coisa muito pessoal. Fazer malas pra mim é um tormento, que vou protelando até um dia antes da viagem por pura preguiça mesmo. Quando resolvo colocar as coisas dentro da mala, tento levar de tudo com receio de me faltar alguma coisa na viagem. Se você é assim também, não se engane: esse é o pior erro ao montar sua mala.

Confirmo que montei a mala de forma errada quando estou no terceiro dia de viagem. Vejo a temperatura do ambiente e percebo que levei COISAS DEMAIS! Com o tempo, fui percebendo essa característica e fui tentando ajustar isso da melhor forma possível.

Considere alguns pontos na hora de fazer sua mala:

  • vai viajar em companhia de low cost (mais comum na Europa. ex: Ryan Air, Air Lingus) ? lembre-se que para despachar bagagem é necessário pagar por isso quando se utiliza esse tipo de cia aérea. A forma mais tranquila é levar uma mala de bordo (ou mala de mão), que não é necessário despachar e você sai do avião direto para seu destino na cidade. Porém é preciso lembrar que a mala de bordo é pequena. Ali só será possível levar apenas o necessário e indispensável.

  • Procure frascos pequenos para colocar shampoo, condicionador e produtos de beleza. Eles ocupam menos espaço, geralmente tem o tamanho ideal em termos de quantidade para uma viagem e podem ser levados sem restrições dentro de malas de bordo e aeronaves. Eles podem ser encontrados em farmácias, lojinhas de 1 real, perfumarias e revistas tipo AVON.

  • Também é importante pensar nos outros itens de limpeza e higiene que você precisa levar. Escova de dentes dobrável, tubo de pasta de dente pequeno e frasco de desodorante pequeno (ou comprimido) também são ótimas opções e altamente recomendáveis para poucos dias de estadia e economizar espaço na mala. O mesmo vale para secador de cabelo de viagem dobrável (se não tiver no quarto onde você vai se hospedar).

necessaire

  • Como a mala é pequena, todas as roupas estarão juntas na mala quando você voltar. É interessante separar as sujas das limpas. Pra isso, criaram saquinhos de pano para colocar as roupas sujas e facilitar na hora da arrumação. Estes mesmos saquinhos também podem ser utilizados para colocar os calçados. Se você for ficar até 4 dias em um único local, pense nas utilizações e no clima do lugar: chinelos para ficar à vontade, tênis para longas caminhadas (inclusive bater perna turistando pela cidade), sapato para algum evento social e pronto. Ou até trocar por botinhas ou rasteirinhas. 3 opções são mais do que suficientes se forem poucos dias de viagem.

  • Outra dica preciosa é levar um carregador portátil para o celular. Quando fui a Londres, levei mala de bordo então tive que me controlar com os itens que levei. Não levei a máquina fotográfica porque seria um peso a mais para carregar pela cidade e na mala. Então todas as fotos que eu tirei foram no celular. Ainda bem que levei o carregador portátil. Recomendo muito se você for como eu que sai cedo pra conhecer várias coisas e só volta de noite.
Existem inúmeros modelos de bateria externa, para todos os modelos de celular.
Existem inúmeros modelos de bateria externa, para todos os modelos de celular.
  • Sempre importante lembrar que é proibido embarcar com líquidos inflamáveis, explosivos e tóxicos. É proibido também levar na bagagem de mão: fósforos, tesouras, objetos pontiagudos ou cortantes, varas de pescar e objetos esportivos como: tacos de hockey, sinuca e bastões de baseball.
  • Uma coisa que me ajudou muito em Roma foi levar uma manta dobrável. Levinha porém quente, no AirBnb que ficamos não tinha cobertor nem lençol pra cama de solteiro. Melhor dica que minha mãe me deu! Não passei frio enquanto dormia.
  • Sempre importante confirmar com a cia aérea a política de itens permitidos a serem levados a bordo. Geralmente é igual para todas, mas algumas coisas mudam entre as cias. brasileiras e as estrangeiras.

Continue Reading