Lugares que quero conhecer antes dos 30

Ok, ainda falta um pouco pra chegar lá. Estou com 24 anos e a lista de destinos não para de crescer! Porém existem alguns em específico que quero muito conhecer antes dos 30 anos. Dizem que nessa idade você já cresceu o suficiente para algumas coisas, e supostamente desenvolveu responsabilidades para outras. Não sei, acho que é de cada um. Mas qualquer motivo pra viajar é válido!

Portanto gostaria muito de carimbar meu passaporte nesses lugares e ver de perto lugares que só existem nos meus sonhos (por enquanto).

Austrália
Desenvolvi amor pela Austrália enquanto trabalhava com intercâmbio. Nunca nem considerei a hipótese de viajar para tão longe. Mas me encantou muito quando percebi que lá é um ‘Brasil que deu certo’. Fora a parte natural do país, suas belas praias e tudo que compõe a bela paisagem australiana. Quero muito! Principalmente Bondi Beach.

Argentina
Nenhum motivo em especial, quero saber como vivem nossos hermanos!

Itália – de novo
Fui só para Roma, mas gostaria muito de conhecer Veneza, Milão, Toscana, entre outros tantos lugares. Itália nunca é demais <3

NYC
Já me programei umas duas vezes pra ir para New York e nunca deu certo. Acho que tudo tem seu momento e espero que ele aconteça antes dos 30.

Los Angeles
LA é meu sonho de consumo. Gosto tanto e me interesso tanto pela cidade que estudei muito pra poder vender quando trabalhava com turismo. Sei muitas coisas de cor, como se já tivesse ido para lá inúmeras vezes. Toda vez que viajo digo que LA é meu próximo destino.. espero poder por isso em prática logo.

Curitiba
Dooooida pra ver o jardim botânico!

Paris
Sem comentários e muitas explicações.. Paris é simplesmente Paris! A cidade luz. Sonho pendente!

Continue Reading

O que me motiva a viajar?

Muitas pessoas perguntam porque eu tenho tanta sede de viajar. Porque decidi fazer do turismo a minha vida e montar um site onde conto sobre o pouco que sei e o pouco que já vi do mundo. A curiosidade já me levou muito longe, tanto no sentido figurado como no literal. Talvez esse seja o motivo principal, mas não o único.

Sempre tive vontade de saber o que acontecia fora da minha rotina, do meu entorno, do Brasil. Sempre tive curiosidade em saber como seria o ar de um outro país, a forma de viver. A única ideia que eu tinha era a dos filmes e séries, e sim se parece muito. Mas é muito mais do que isso.

Conhecer o mundo hoje faz parte de mim. Percebi que poderia ir muito longe quando despertei a vontade de aprender um novo idioma. Quando notei que poderia conversar com pessoas totalmente diferentes de mim tanto em inglês quanto em espanhol, foi aí que eu vi o sinal: nada é impossível.

Dali pra frente, foi questão de muito esforço e tempo. Meu maior choque foi quando fiz intercâmbio. É tudo muito diferente da minha vida no Brasil, mas ao mesmo tempo muito igual.

Conhecer lugares é sim uma das motivações. Saber como tudo funciona fora da televisão, da tela do computador, é surreal. É tirar suas próprias conclusões, criar experiências e fazer elas acontecerem. Mas, como sempre digo, a minha maior motivação de viajar é a maturidade, o desafio. Estar solta pelo mundo me faz crescer muito, portanto essa junção de sentimentos, vontades e desafios me fazem querer fazer as malas e desbravar o mundo por aí.

Depois que percebi que o crescimento é o maior benefício e ele sempre chega até mim de forma natural e impactante, nunca mais procurei mais nada além disso numa experiência internacional.

E claro, relaxar e curtir também são grandes motivadores! E pra você, o que te motiva a viajar?

Continue Reading

Sightseeing agora em SP!

Para quem costuma viajar apenas a passeio, a opção Hop on/Hop Off é bem conhecida. Sempre via em San Francisco e também vi bastante em Londres. Em resumo, é um ônibus que passa pelos principais pontos turísticos da cidade, e com áudio guiado é possível ouvir em vários idiomas sobre a história do local em que o ônibus está passando naquele momento. Agora em SP, é super útil tanto para os turistas como para os locais que não conhecem muitos detalhe da cidade.

Usei em Roma e achei que valeu muito a pena! O ônibus possui dois andares e com vista panorâmica. Em alguns o wi-fi é liberado (em outros, não funciona). A opção está disponível em São Paulo desde março, e sempre vejo o ônibus quando estou no centro da cidade.

O ticket custa R$40 com duração de 24hs a partir do seu início, e a venda acontece apenas dentro do próprio ônibus do sightseeing. Aceita dinheiro e cartões de debito e crédito. Possui 3 opções de áudio: português, inglês e espanhol. Vale também para entrada em museus: catavento cultural, masp, casa das rosas, museu afro brasil, museu de arte sacra e museu do futebol. (uma pena o Museu do Ipiranga ainda estar fechado :/)

Com 3 saídas diárias:
De segunda a sexta-feira: às 9h, 11h20 e 14h10; Aos sábados: às 8h, 10h30 e 13h30, da parada 1 – República. É possível iniciar o passseio embarcando em qualquer ponto de parada do circuito. O trajeto envolve: praça da republica, pacaembu, paulista, ibira, centro cultural sp, liberdade, pateo do colégio e teatro municipal

Para mais informações: http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/linha-circular-turismo

Continue Reading