O açúcar não é mais doce na Carlos Bakery

carlos bakery

Texto e fotos por: Larissa Louro

Aberta desde o dia 07 de dezembro do ano passado, a tão famosa confeitaria do Cake Boss mantém um ritmo intenso. Visitamos a loja neste sábado, 08 de abril, e encontramos a fila nos muros da Bela Cintra. Como toda loja gringa que aterrissa em solo brasileiro com certa fama, a confeitaria do Buddy Valastro vem cheia de expectativas e rumores. Fomos até lá conferir e o resultado decepciona um pouco.

A começar por aspectos físicos, a loja é pequena, sem mesas, sem conforto e pouco climatizada. Por ser uma confeitaria, os doces precisam de temperaturas amenas, mas não sentimos aquele friozinho gostoso do ar condicionado, apenas o ar quente do tumulto de pessoas tentando enxergar a vitrine de doces.

A decoração fica em uns poucos adesivos que remetem às lojas americanas, muitos (muitos) souvenirs a vista, como camisetas, domãs, squeezes e canecas. Além dos maravilhosos bolos confeitados expostos.

carlos bakery

carlos bakery

Após uma fila de 25 minutos imaginando qual doce iríamos escolher, chegamos ao balcão de pedidos. Primeira dica ao navegante de primeira viagem na Carlos Bakery: Antes de chegar ali, vá até a vitrine de doces e escolha com calma o seu. Quando a atendente questiona qual o doce, você tem alguns segundos para responder, sendo que o menu fica distante da abordagem, os próximos clientes pressionam sua escolha e a atendente não é exatamente paciente ou simpática para recomendar algo ou listar os sabores de tower cakes disponíveis.

Segunda dica: Vá com tempo, com um livro, com fones de ouvido ou qualquer coisa para se distrair. Após a primeira fila, aguardamos com uma senha até que o caixa chamasse para o pagamento e retirada da compra. Este segundo momento levou mais 20 minutos de nossa ansiedade.

Vamos ressaltar aqui que os preços não são amigáveis. Vá preparado. Optamos por um Cannoli de Chocolate e uma Tower Cake de Oreo, com uma água para acompanhar e o valor da brincadeira saiu em R$ 36,00.

Para as formiguinhas de plantão um alerta: diminua suas expectativas. Para ter uma boa base da qualidade escolhemos dois dos doces mais tradicionais da casa. O Cannoli, de fato, é uma delicia, porém não vai além da curva. A massa é crocante como propõe a receita, o chocolate é não é cobertura, ou seja, não é daqueles que amarram a boca e o creme, apesar de não ter a textura esperada, estava geladinho. Num todo, o doce é gostoso, mas enjoativo. Quanto a Tower Cake, apesar do preço, o doce compensa. O creme tinha a cremosidade ideal e o bolo estava bem molhadinho!

A visita é encerrada com um Buddy Valastro em tamanho – quase – real na porta, para quela tradicional selfie com o Cake Boss. Apesar dos altos preços, demora e atendimento que deixou a desejar, vale a experiência na confeitaria mais queridinha do momento.

Continue Reading

Principais pontos turísticos em Fortaleza

Sou suspeita pra falar sobre o nordeste brasileiro, pois significa uma parte linda e incrível da minha vida. Como já contei pra vocês, minhas férias na infância eram todas lá no Ceará, na casa dos meus avós, rodeada de primos e aquela felicidade de estar em família. Então, tudo que remete ao nordeste e à cultura nordestino, tem imenso significado pra mim e um espaço bem grande no meu coração.

Talvez a essa altura da vida eu não seja mais turista em Fortaleza, mas existem alguns pontos que gosto muito de visitar quando estou por lá.

MERCADO CENTRAL

Localizado no centro da cidade, este é o polo cultural e artesanal que tem tudo junto e misturado. Por lá você encontra comidas típicas e produtos regionais (rapadura, castanha de caju, cachaça, licor, tapioca etc), assim como muitos produtos em couro legítimo, lembranças típicas como camisetas, jangadas, vasinhos de areia, artigos para decoração, produtos rendados e característicos do Nordeste. Enquanto você anda pelo mercado, escuta inúmeros sotaques, idiomas e de quebra ainda tem o privilégio de ouvir os repentistas que ficam na porta cantando. Todas as vezes que vou à Fortaleza, o mercado é parada obrigatória.

Fonte: Mercado Central de Fortaleza
Fonte: Mercado Central de Fortaleza

Site do Mercado Central

CATEDRAL METROPOLITANA DE FORTALEZA

Do ladinho do Mercado Central, a Catedral da Sé é uma incrível construção gótica que demorou quarenta anos para ser finalizada, tendo sua inauguração em 1978. Comporta 5mil pessoas, e chama atenção pela beleza arquitetônica, além de ser uma referência para os católicos. Vale muito a pena registrar e visitar seu interior.

Catedral Metropolitana de Fortaleza. Acervo Pessoal.
Catedral Metropolitana de Fortaleza. Acervo Pessoal.

DRAGÃO DO MAR

O Dragão do Mar também é voltado para eventos e demonstrações culturais. Por lá você encontra o Museu da Cultura Cearense, o Museu de Arte Contemporânea do Ceará, Planetário Rubens de Azevedo, Teatro Dragão do Mar, Salas do Cinema do Dragão – Fundação Joaquim Nabuco, Anfiteatro Sérgio Mota, Espaço Rogaciano Leite Filho, Biblioteca Leonilson, Auditório, Multigalerias e espaços para exposições itinerantes e Parque Verde. Desses, meu preferido é o Planetário: construído com tecnologia alemã, está entre os mais modernos do mundo, é o único no Brasil a projetar o arco-íris, através de 20 projetores multimídia. Tem capacidade para 90 pessoas e apresenta três sessões diárias, proporcionando grandes espetáculos na observação detalhada de estrelas, planetas e galáxias. (fonte: Wikipedia)

Dragão do Mar. Foto: OceanView Turismo.
Dragão do Mar. Foto: OceanView Turismo.

PARQUE DO COCÓ

Se você gosta de áreas verdes, caminhada e exercícios ao ar livre, este parque tem que estar na lista de locais obrigatórios a visita em Fortaleza.
O Parque possui uma trilha bem tranquila e gostosa de fazer, onde é possível conferir a fauna e a flora que ali vive. Também possui um espaço de eventos, onde acontecem shows, encontros de grupos e jogos amistosos. Ele é um dos maiores parques urbanos da América do Sul e a mais importante área verde e de preservação da cidade de Fortaleza.

parque do cocó
Parque do Cocó ao fundo. Arquivo Pessoal.

PRAÇA DO FERREIRA

Gosto muito dessa praça, acho ela arquitetonicamente muito linda. Espaçosa e localizada no coração da cidade, a Praça do Ferreira possui um relógio bem no meio no estilo Art Deco. No Natal, é montada uma árvore de natal imensa de redes de dormir, a cara do Ceará!

Fonte: TripAdvisor
Fonte: TripAdvisor

CASA E TEATRO JOSÉ DE ALENCAR

Tive a oportunidade de conhecer apenas a casa deste icônico autor brasileiro, porém o Teatro também entra na lista dos locais que você precisa conhecer quando estiver em Fortaleza.
Foi inaugurado oficialmente em 17 de junho de 1910. Apresenta arquitetura eclética e sala de espetáculo em estilo art nouveau de três andares que comporta 800 lugares. O complexo do Theatro conta ainda com auditório de 120 lugares, foyers, espaço cênico a céu aberto e o prédio anexo, com 2 600 metros quadrados, que sedia seu Centro de Artes Cênicas (CENA).

Fonte: Turismo do Ceará
Fonte: Turismo do Ceará

A casa de José de Alencar fica no bairro de Messejana, e nada mais é do que uma simples casa onde o autor viveu quando era criança. Dentro você encontra alguns móveis, painéis contando sua história e a parte literária. Também há monitores disponíveis para contar a história de José de Alencar e tirar dúvidas. A visita é gratuita e vale aproveitar o espaço verde em volta e o centro das Tapioqueiras!

Horário de Funcionamento da Casa:
Segunda a sexta:8:00 as 17:00.
Sábado: 9:00 as 12:00.
Grupos devem realizar agendamento prévio.
http://www.cja.ufc.br/index.php

Feirinha da Praia de Iracema

Você precisa conhecer a feirinha da Beira-Mar. Inúmeras barraquinhas enfileiradas tomam conta da frente da praia. Por lá tem de tudo: artesanato, souvenirs, bijuterias, bolsas, biquínis, material feito em couro, doces e comidas regionais… tem de tudo!

Fonte: Alpha Praia Hotel
Fonte: Alpha Praia Hotel
Continue Reading

Love’s in the Air – uma noite no Ruella

Me desculpem por já começar com um clichezão. Na última semana comemorei aniversário de namoro e queria ir num lugar romântico e que nunca tivéssemos ido.
O primeiro lugar que pedimos orçamento para casar foi o Ruella, mesmo sem nunca ter pisado lá. As fotos são sempre incríveis e te convencem de que ali é o lugar perfeito para estar com seu par.
Fizemos reserva pelo telefone para o mesmo dia. Chegamos numa terça feira de noite super quente… O lugar é realmente tudo que eu tinha imaginado: romântico, agradável, calmo e com uma trilha sonora muito gostosa.

Ruella. Foto: site oficial
Ruella. Foto: site oficial

O cardápio é bem extenso e variado, mas apesar do nome ser Ruella Bistrô, pouco se assemelha a um menu de casas desse gênero. Você vai encontrar pratos com temperos orientais e comidinhas com um quê de exótico.
Para começar (não estava podendo consumir álcool) tomei um drink com frutas vermelhas e água com gás. Muito gostoso e custava o mesmo que um suco (algo em torno de 18 reais, achei o suco caríssimo).
Como nunca tínhamos ido lá pegamos uma entrada chamada pot-pourri, na qual vinham quatro canapés diferentes, sendo duas unidades de cada variedade. Bacana para experimentar, mas eu não pediria novamente… Iria direto ao prato principal: um risoto de camarão com cury picante. Duas coisas que amo são camarão e pimenta. Juntas então é pura alegria. Pedi uma pimenta da casa e fui surpreendida por uma geléia de pimenta absolutamente deliciosa 💗 Ah, vale dizer que o risoto é sem miséria! Lotado de camarões, hummm 😋
Nessa altura do campeonato eu já estava satisfeita, mas meu noivo disse: já que estamos aqui vamos pedir uma sobremesa. Escolhemos os profiteroles com Nutella e sorvete de creme e como sempre quase brigamos para decidir quem merecia comer mais (brincadeira, até que fomos pacíficos).
Achei os valores de acordo com o serviço e ambiente da casa. A única ressalva, como já mencionei antes é que eu pularia a entrada, até porque os pratos são bem servidos até para pessoas que comem bastante como eu! Vale muuuito a visita, com certeza voltaremos.
Outro ponto: não recomendo para dias de fossa porque das 10 mesas que estavam ocupadas 9 eram casais apaixonadinhos. #ficaadica

Para quem quiser conhecer: R. João Cachoeira, 1507 – São Paulo | Facebook | Site

Continue Reading