Como levar remédios na viagem

remédios

Seeempre me perguntam algo relacionado com ‘levar remédios na mala’. Sempre surgem dúvidas quanto ao que pode ser levado na mala de mão, que substâncias podem ser levadas, etc etc. O que sempre me aconselharam e que sempre avisei meus clientes é: se você toma algum remédio diferente ou com frequência, leve sua receita em inglês para caso haja algum problema. Mesmo que não peçam, que não seja obrigatório, é melhor prevenir do que remediar. Importante ter na receita a prescrição e também o nome genérico do remédio.

Em vários países, como os Estados Unidos, remédios simples como dorflex ou qualquer outro utilizado para combater a dor muscular, precisam de receitas. Sofri uma vez com uma dor na lombar e não pude comprar na farmácia, minha amiga que levou o remédio me salvou! E era um simples dorflex… não adianta, lá é bem difícil comprar remédio. Previna-se!

Caso você tenha dúvidas para comprar, mesmo com a receita, não tem problema. Você pode simplesmente levar os remédios que deseja e que costuma usar no Brasil. Leve cartelas de dorflex, remédios para dor de cabeça, para cólica, para alergia (principalmente!), para gripe, febre, enjoos, pomadas para picadas e para tudo que você ver necessidade de utilizar durante a viagem. Pense em tudo que você pode precisar no dia-a-dia e coloque na mla. Eles podem ser levados na bagagem de mão, desde que os líquidos tenham tamanho menor que 100ml.

Também é super importante ter um mini kit de primeiros socorros: Bandaid, Merthiolate, Antiséptico etc. Outro item que a galera costuma esquecer, mas ele deve estar com você viajando ou não: protetor solar e creme hidratante (seja frio ou calor, precisa!). Importante colocar Bepantol labial ou qualquer outro hidratante para lábios que você costuma usar.

Se você é daquelas pessoas que costuma ingerir muitos remédios ou tem alguma condição clínica específica, visite seu médico antes e peça auxílio. Principalmente se você for viajar com crianças, torne o pediatra seu maior aliado e peça ajuda com os remédinhos para o pequeno ou pequena não sofrer longe de casa.

Importante também levar sua carteira de vacinação. Trate de achar esse documento INDISPENSÁVEL!

Não precisa se preocupar quando o assunto é esse. E espero que você não precise utilizar nenhum dos remédios que vai levar 🙂



Continue Reading

Dicas para comprar passagens áreas baratas!

Comprar passagens aéreas costuma ser muito relativo. Em grande maioria, a pessoa que está sentada do seu lado não pagou a mesma tarifa que você. Porém, existem alguns truques que facilitam na hora de comprar a passagem com um valor mais acessível.

Data

Existem momentos, horários e dias que são ideais para garantir a redução da tarifa. Voar em horários comerciais, por exemplo, costuma encarecer o valor.

Melhores dias e horários para voar:

  • terça pós-almoço (também melhor dia para pesquisar aquela passagem que você quer comprar!)
  • quarta a tarde
  • sábado de manhã
  • segunda de manhã
  • sexta

Comprar com antecedência

Claro que se antecipar na hora da compra garante uma boa tarifa. Geralmente de 6 a 4 meses antes da data da viagem já é possível emitir a passagem. Se você já souber a data da sua viagem (ida e volta), garanta o quanto antes. Caso não saiba com tanta antecedência, comprar com 8 a 6 semanas antes também proporciona boas tarifas.
Importante lembrar que os valores costumam mudar 3x ao dia. Voar de domingo costuma ser o dia mais caro para viajar. E se você pretende viajar em dias como feriados e datas comemorativas, o quanto antes puder comprar, melhor. Escolher voos durante a madrugada também é uma boa alternativa para quem procura tarifas mais em conta e possui flexibilidade de horários.

Voos com paradas

Voos diretos costumam ser mais caros, porém são mais práticos. Mas, se você tiver tempo livre e quiser realmente pagar menos, opte por voos com conexão (que troca de avião) ou escala (que apenas para em um aeroporto mas permanece no mesmo avião).

Promoções

Quer receber alertas de passagens em promoção e tarifas acessíveis? Se inscreva no maior número possível de alertas e compare os valores! Sempre bom ficar de olho. Pode ser Decolar.com, Passagens Imperdíveis, Kayak ou Momondo (já falamos sobre eles aqui), Voopter, Skyscanner… tem vários! Inclusive agora tem o Google Flights que é a nova aposta do Google para quem procura passagens aéreas. Mesmo esquema: faça sua cotação e acompanhe os resultados.

Compro ida somente ou volta também?

Se você já tiver certeza de datas, comprar ida e volta juntas deixa a tarifa mais em conta. Esse também é um jeito de economizar e aproveitar possíveis promoções que só podem emitir com os dois trechos juntos.

Vou fazer intercâmbio e a grana está apertada

As passagens aéreas possuem tarifas de estudante, que costumam ter um valor bem mais amigável pra te ajudar a realizar aquele sonho do intercâmbio. Procure um agente de viagens ou uma agência e peça cotação com tarifas estudante!



Continue Reading

10 lugares para viajar em 2017

A Travel+Leisure divulgou uma lista com 50 lugares para viajar em 2017. Pensando nisso, escolhi 10 dentre eles e coloquei aqui pra vocês incluírem nos destinos para o ano que vem!

Angra dos Reis – Brasil

Sabemos que os turistas ficam sempre de olho no Rio de Janeiro por conta de todas as belezas que a cidade proporciona. Porém em 2017 vale a pena conhecer Angra dos Reis, que fica entre o RJ e SP. Os cariocas costumam ir para Angra na mesma proporção que os paulistas descem para o Guarujá, fugindo da loucura da cidade. A elite do país costuma ter casas nas vilas que ficam pela praia. Não é atoa que em Maio será inaugurado o Hotel Fasano por lá, com 54 suítes em um resort incrível com vista para o mar.

Belfast – Irlanda do Norte

Infelizmente não estive nesta cidade quando fui para a Irlanda, porém sei que a visita é praticamente obrigatória! Repleta de bares, restaurantes e obras de arte, Belfast se tornou rapidamente um destino atrativo para os viajantes. Com inúmeros locais destinados a gastronomia e drinks, vale a pena parar para degustar a comida local.

Bermudas

Depois de passar por uma crise financeira, Bermudas está se reconstruindo e atraindo muitos turistas. A ilha é originalmente território britânico e não faz parte do Caribe, como todos pensam. A cidade é pequena e rápida de se explorar, além do mergulho para os que se aventuram mais e as praias. Aliás, as melhores praias estão distantes da capital, é preciso ir para a costa sul da ilha. Não deixe de visitar a Horseshoe Bay, com água cristalina e areia branquinha!

Hampi – Índia

É considerada a cidade perdida da Índia. Antigamente era chamada de Vijayanagara e por alguma razão ela se perdeu do mapa, agora adotando um novo nome: Hampi. Com deslumbrantes templos, ruínas, monumentos, edifícios públicos e uma paisagem formada por gigantescos pedregulhos, esta se tornou uma visita obrigatória para quem é apaixonado pela Índia. Não espere luxo nesta cidade: atualmente os hoteis e pousadas estão em processo de demolição, portanto não há muita estrutura por lá. Mas ainda existem opções de hospedagem, então vale o sacrifício.

Laos

Apesar de muitos atrativos – cachoeiras de águas cristalinas, montanhas e templos em ruínas – Laos sempre foi um destino ofuscado por outros locais próximos que possuem mais atenção turística. Porém isso está mudando: após a visita de Barack Obama, os olhos do mundo se voltaram para o país. Recentes negociações com a Tailândia possibilitaram a criação de voos partindo de Bangkok além da ampliação da área hoteleira.

Málaga – Espanha

Localizada na Andaluzia, Málaga agora é referência para quem quer visitar museus. É possível conferir o museu do Picasso, que inclusive nasceu na cidade. Também vale a pena visitar o Centro de Arte Contemporânea, o Museu Thyssen-Bornemisza, o Centro Pompidou de Paris com obras de Magritte e Kahlo, entre muitas outras opções de visitação.

Montevidéu – Uruguai

A capital do Uruguai virou um pólo de design, moda e comida. Inúmeras lojas de marcas famosas estabeleceram seus novos endereços em Montevidéu, além das inúmeras opções gastronômicas na cidade.

Nashville – Tennessee

A cidade do Country receberá inúmeros eventos em 2017. O icônico Ryman Auditorium comemora seu 125º aniversário com um calendário cheio de festas, enquanto o Hall da Fama & Museu da Música Country comemoram 50 anos, e o Bluebird Café fará 35. Muitos aniversários, muitos eventos! A cidade está repleta de novos e próximos restaurantes: Maneet Chauhan The Mockingbird, John Besh’s Marsh House, e Henrietta Red de Per Se-chef com a chef Julia Sullivan.

Paros – Grécia

Kitesurfers há muito tempo fizeram um playground das praias arejadas de Paros, e não é de se admirar: esta ilha é um marco de areia branca com costa arenosa, história e cultura. No verão passado, a ilha inaugurou um novo aeroporto, abrindo-o para aeronaves maiores e mais turistas. E a vila de pescadores de Naousa, com a sua arquitectura branca quadrada e tavernas à beira-mar, é cada vez mais sofisticada e procurada! Inclua no seu roteiroooo!

Turim – Itália

Mais conhecida pelos cafés históricos e o Sudário de Turim a cidade é também um vibrante destino de arte contemporânea. No ano passado, a curadora Carolyn Christov-Bakargiev foi nomeada diretora de duas importantes instituições, a Galleria Civica d’Arte Moderna, o primeiro museu de arte moderna da Itália e o Castello di Rivoli, seu primeiro museu de arte contemporânea, com obras de artistas como Michelangelo Pistoletto e Paul McCarthy. As eras anteriores podem ser exploradas em dois outros museus recém-restaurados: a Galleria Sabauda, onde os visitantes podem ver mais de 500 obras pertencentes à família real da Sabóia, e o Museu Egípcio, que abriga uma das mais extensas coleções de artefatos egípcios na mundo. No início de 2017, as raízes medievais de Turim serão reveladas na nova sede do Café Lavazza, no bairro de Aurora, quando a empresa revela uma basílica do século IV descoberta durante a construção.

Continue Reading