10 lugares para viajar em 2017

A Travel+Leisure divulgou uma lista com 50 lugares para viajar em 2017. Pensando nisso, escolhi 10 dentre eles e coloquei aqui pra vocês incluírem nos destinos para o ano que vem!

Angra dos Reis – Brasil

Sabemos que os turistas ficam sempre de olho no Rio de Janeiro por conta de todas as belezas que a cidade proporciona. Porém em 2017 vale a pena conhecer Angra dos Reis, que fica entre o RJ e SP. Os cariocas costumam ir para Angra na mesma proporção que os paulistas descem para o Guarujá, fugindo da loucura da cidade. A elite do país costuma ter casas nas vilas que ficam pela praia. Não é atoa que em Maio será inaugurado o Hotel Fasano por lá, com 54 suítes em um resort incrível com vista para o mar.

Belfast – Irlanda do Norte

Infelizmente não estive nesta cidade quando fui para a Irlanda, porém sei que a visita é praticamente obrigatória! Repleta de bares, restaurantes e obras de arte, Belfast se tornou rapidamente um destino atrativo para os viajantes. Com inúmeros locais destinados a gastronomia e drinks, vale a pena parar para degustar a comida local.

Bermudas

Depois de passar por uma crise financeira, Bermudas está se reconstruindo e atraindo muitos turistas. A ilha é originalmente território britânico e não faz parte do Caribe, como todos pensam. A cidade é pequena e rápida de se explorar, além do mergulho para os que se aventuram mais e as praias. Aliás, as melhores praias estão distantes da capital, é preciso ir para a costa sul da ilha. Não deixe de visitar a Horseshoe Bay, com água cristalina e areia branquinha!

Hampi – Índia

É considerada a cidade perdida da Índia. Antigamente era chamada de Vijayanagara e por alguma razão ela se perdeu do mapa, agora adotando um novo nome: Hampi. Com deslumbrantes templos, ruínas, monumentos, edifícios públicos e uma paisagem formada por gigantescos pedregulhos, esta se tornou uma visita obrigatória para quem é apaixonado pela Índia. Não espere luxo nesta cidade: atualmente os hoteis e pousadas estão em processo de demolição, portanto não há muita estrutura por lá. Mas ainda existem opções de hospedagem, então vale o sacrifício.

Laos

Apesar de muitos atrativos – cachoeiras de águas cristalinas, montanhas e templos em ruínas – Laos sempre foi um destino ofuscado por outros locais próximos que possuem mais atenção turística. Porém isso está mudando: após a visita de Barack Obama, os olhos do mundo se voltaram para o país. Recentes negociações com a Tailândia possibilitaram a criação de voos partindo de Bangkok além da ampliação da área hoteleira.

Málaga – Espanha

Localizada na Andaluzia, Málaga agora é referência para quem quer visitar museus. É possível conferir o museu do Picasso, que inclusive nasceu na cidade. Também vale a pena visitar o Centro de Arte Contemporânea, o Museu Thyssen-Bornemisza, o Centro Pompidou de Paris com obras de Magritte e Kahlo, entre muitas outras opções de visitação.

Montevidéu – Uruguai

A capital do Uruguai virou um pólo de design, moda e comida. Inúmeras lojas de marcas famosas estabeleceram seus novos endereços em Montevidéu, além das inúmeras opções gastronômicas na cidade.

Nashville – Tennessee

A cidade do Country receberá inúmeros eventos em 2017. O icônico Ryman Auditorium comemora seu 125º aniversário com um calendário cheio de festas, enquanto o Hall da Fama & Museu da Música Country comemoram 50 anos, e o Bluebird Café fará 35. Muitos aniversários, muitos eventos! A cidade está repleta de novos e próximos restaurantes: Maneet Chauhan The Mockingbird, John Besh’s Marsh House, e Henrietta Red de Per Se-chef com a chef Julia Sullivan.

Paros – Grécia

Kitesurfers há muito tempo fizeram um playground das praias arejadas de Paros, e não é de se admirar: esta ilha é um marco de areia branca com costa arenosa, história e cultura. No verão passado, a ilha inaugurou um novo aeroporto, abrindo-o para aeronaves maiores e mais turistas. E a vila de pescadores de Naousa, com a sua arquitectura branca quadrada e tavernas à beira-mar, é cada vez mais sofisticada e procurada! Inclua no seu roteiroooo!

Turim – Itália

Mais conhecida pelos cafés históricos e o Sudário de Turim a cidade é também um vibrante destino de arte contemporânea. No ano passado, a curadora Carolyn Christov-Bakargiev foi nomeada diretora de duas importantes instituições, a Galleria Civica d’Arte Moderna, o primeiro museu de arte moderna da Itália e o Castello di Rivoli, seu primeiro museu de arte contemporânea, com obras de artistas como Michelangelo Pistoletto e Paul McCarthy. As eras anteriores podem ser exploradas em dois outros museus recém-restaurados: a Galleria Sabauda, onde os visitantes podem ver mais de 500 obras pertencentes à família real da Sabóia, e o Museu Egípcio, que abriga uma das mais extensas coleções de artefatos egípcios na mundo. No início de 2017, as raízes medievais de Turim serão reveladas na nova sede do Café Lavazza, no bairro de Aurora, quando a empresa revela uma basílica do século IV descoberta durante a construção.

Continue Reading

6 Parques de diversão pelo mundo que valem a visita

Existem muitos parques de diversão pelo mundo, a maioria muito bons no quesito qualidade e popularidade. É nos Estados Unidos que você encontra os mais famosos parques, até porque Disney e Universal estão por lá. Porém a Ásia tem investido bastante neste ramo de entretenimento e com certeza não fica atrás.

Todos os anos a Themed Entertainment Association divulga uma lista de parques pelo mundo que se destacaram. Aqui você encontra o 6 dos que melhor figuraram nesta lista.

Happy Valley Shanghai

Este parque se estabeleceu como um dos mais famosos da China. Foi o quarto parque grandioso que abriu no país, em agosto de 2009. Está localizado há 40km de distância de Shanghai, com um grande potencial de audiência. Possui mais de 100 atrações divididas em temas, com 7 montanhas-russa.

Busch Gardens

Recebe cerca de 5 milhões de pessoas ao ano. Fica há 1hr de distância do centro de Orlando (em Tampa) e é especialista em dois quesitos: montanhas russas e exibição de animais. Suas atrações impressionam pela aventura e as manobras, como a Sheikra (não tive coragem de ir nessa hahahah) e a Cheetah Hunt, que é suuuper legal! Dá medinho mas vale a tentativa!

Universal Studios Hollywood – California

O parque temático utilizado como estúdio de gravações ainda é fortemente considerado um dos melhores do mundo, com o grande benefício de estar anexado aos locais de produção de alta qualidade. Os estúdios começaram a receber visitantes em 1964, através de excursões. Com o tempo, foram instaladas atrações adicionais, que resultou na abertura de uma área de ampliação em 1991.

Os dois ambientes formam duas áreas distintas do parque, com atrações famosas como Jurassic Park: The Ride, Revenge of the Mummy: The Ride e Transformers: The Ride em 3D.

Dica: por mais que o tour pelos estúdios funcione há decadas, a visita vale muito a pena e ainda impressiona quem vai pra lá. Ela envolve inúmeras atrações durante 45 minutos, além de um encontro em 4D com o King Kong :O

Universal Studios Florida

Este oferece uma das experiências mais incríveis do mundo. Quando estive em Orlando, sem dúvidas foi meu parque preferido. Ele é mais voltado para o público adulto e os brinquedos que mais atraem as pessoas é o Shrek 4D (fica logo na entrada, fácil de achar), Revenge of the Mummy (prepare-se para passar calor!) e a Hollywood Rip Ride Rockit (minha preferida! nessa você encara uma subida em 90º e ainda escolhe a trilha sonora da aventura!! adoreeei!)
Não esquecendo da parte totalmente dedicada ao Harry Potter. Para quem é fã dos filmes e da história do bruxinho, o lugar é literalmente um sonho! Não deixe de ir na Harry Potter and the Escape from Gringotts, a atração mais legal do parque que te leva para dentro do banco Gringotts!

Magic Kingdom

O parque mais emblemático da disney recebe por ano mais de 19 milhões de visitantes! Todos querem ver de perto o castelo da Cinderela, tão icônico nos filmes da Disney. Bem semelhante ao parque de Anaheim (Disneyland), porém ganha no quesito tamanho. Já no quesito atrações, é inferior à versão da Califórnia.
As atrações mais legais e procuradas são: Space Mountain (se você tiver o FastPass, use aqui! Muuuita fila), Under the Sea – Journey of the Little Mermaid, Splash Mountain – a mais famosa! Vale super a pena! Meet Anna and Elsa (atração nova, todos querem ver).

Gardaland

Aberto em 1975 e com um grande período de expansão que durou décadas. A primeira montanha do parque foi construída em 1985, a Magic Mountain. Em 1998 surgiu a Space Vertigo entre outras atrações. Localizado em Castelnuovo del Garda, na Itália. Recebe quase 3 milhões de visitantes ao ano.

Continue Reading

Tudo sobre o Chile


Antes de mais nada, vamos começar mostrando como é possível ir facilmente pro Chile saindo daqui do Brasil!

Visto: brasileiros não precisam de visto para entrar no Chile.

Passaporte: também não é obrigatório. Você pode entrar portando o RG, porém ele precisa estar em bom estado de conservação e com validade de até 10 anos. Algumas cias. aéreas não permitem o embarque internacional se o documento está vencido.

Vacinas: nenhuma obrigatoriedade com vacinas.

Moeda: peso Chileno. Pode ser comprado ainda no Brasil, mas a cotação é muito melhor se trocado no Chile.

A capital do Chile é Santiago, e reserva inúmeras coisas e oportunidades de passeio para quem pretende viajar pra lá. Não somente a capital é atrativa, como o país inteiro. O Atacama e a Patagônia são lugares que eu pelo menos tenho muita vontade de conhecer e estão bem pertinho de nós.

Você se encanta pelo Chile ainda dentro do avião, admirando a Cordilheira dos Andes e sua imensidão!  É possível chegar na cidade através do aeroporto de Santiago, o Aeroporto Internacional Comodoro Arturo Merino Benítez. De lá, você pode chegar ao centro que fica a 25km de distância tanto de ônibus, shuttles, taxi ou alugar um carro.

O que visitar

Santiago está bem próximo de várias cidades que valem a visita, inclusive das pistas de esqui. Além de ser a capital do país, conta com tudo que uma cidade grande possui: lojas, restaurantes e parques, porém impressiona pela limpeza e organização, completamente diferente do que costumamos ver.

Por lá você encontra vários lugares que deve conhecer enquanto estiver na cidade. Não deixe de ir no La Vega, que é o Mercado Central de Santiago, com inúmeras frutas e verduras, além de poder comer com um preço acessível.

Viña del Mar e Valparaíso

Também é interessante se programar quando você estiver no Chile para visitar Viña del Mar e Valparaíso, ambas ficam bem próximas de Santiago, e dá pra fazer um bate-volta. A maneira mais fácil de chegar lá é indo de ônibus, que saem do Terminal Alameda (próximo ao metrô Universidad de Santiago ) e do Terminal (metrô) Pajaritos. É possível comprar a passagem na hora ou pela internet. As cidades são pequenas e próximas uma da outra, então em um dia da pra conhecer as duas e voltar cheio de história pra contar! Ou se você se apaixonar, dedique mais dias para conhecer a fundo, principalmente se você tiver interesse em saber como é a vida noturna das duas cidades.

Em Valparaíso você verá inúmeros morros, com suas típicas casinhas de arquitetura europeia. E falando em casa, não deixe de visitar a casa de Pablo Neruda (que na verdade são três) e aproveitar a vista de lá, além disso a visita não acompanha guias, você apenas utiliza um áudio guia e escuta sobre a vida de Pablo. A única casa que está na cidade é a La Sebastiana. As outras estão em endereços diferentes. Se você for estudante, leve um comprovante e pague meia na entrada 😉 Também não deixe de ir à Plaza Simon Bolívar e Catedral de Valparaíso, além de andar em um dos ascensores, que são elevadores decorados que te ajudam a subir os morros.

Viña del Mar é quase uma Holambra, com tantas flores espalhadas. Não é atoa que a cidade é conhecida como Cidade Jardim. E tudo gira em torno das flores, principalmente o cartão postal da cidade: Relógio das flores, criado na Copa do Mundo de 1962. A cidade é o Guarujá dos que moram em Santiago. Suas praias atraem visitantes constantemente tornando-se uma poderosa atração turística, além dos museus e os castelos que valem a visita. O bom de Viña é que quase tudo é possível ser feito a pé.

Uma dica: ainda no Relógio das Flores, você pode subir no mirante e registrar a vista. Quando voltar, procure o Hotel Sheraton e visite o terraço para garantir boas fotos do mar.

O balneário de Reñaca é um dos mais importantes da cidade pelo grande número de visitantes, apesar de suas praias rochosas. O Jardín Botánico Nacional é outro atrativo, com cerca de 3 000 espécies distintas de plantas.

Castelo Wulff

Foi construído sobre as pedras em 1906 e chama a atenção de longe por sua obra bem conservada, com influências francesas e alemãs. Por lá funciona uma sala de exposições e uma oficina dedicada ao patrimônio histórico. Não deixe de passar por lá e registrar este lugar incrível!

Ilha de Páscoa

Uma ilha no meio do Pacífico abriga inúmeras carrancas que na verdade chamam Moais e foram construídas pelo antigo povo Rapa Nui, que usaram pedras e artifícios do vulcão Rano Raraku. Para chegar lá, é necessário pegar um voo e desembarcar no único aeroporto da ilha: Mataveri Internacional.

Valle Nevado

Se você ama neve ou está procurando por muito frio nesta viagem, Valle Nevado é o destino. Por lá é possível esquiar mesmo se você não tiver prática, pois há pistas para todos os níveis de habilidades. Meses ideais para a visita: junho, julho e agosto. Muuuuita neve!

Atacama

Com um pequeno povoado – San Pedro do Atacama – no meio do deserto, este acaba sendo o ponto central para quem visita o Atacama. Para chegar lá, as pessoas pegam um voo até Calama e de lá partem para San Pedro.

Para se hospedar

Ultimamente tenho optado por AirBnb, tanto pelo preço atrativo, como pela boa experiência que tive quando usei em Roma. Porém, Santiago tem ótimas opções de hospedagem e você pode fazer a reserva direto por aqui também.



Booking.com

Dinheiro

Já li em muitos lugares que é preferível você levar o seu dinheiro em dólar ou em real e trocar lá mesmo pelo peso chileno. Os valores são mais atrativos e rende mais do que se você comprar por aqui. Geralmente comprando ainda no Brasil tem um acréscimo de 20% no valor, e ninguém quer isso né?

Comprando o peso em Santiago, você economiza bastante, mas não tente fazer isso no aeroporto. Tudo costuma ser mais caro em aeroportos pelo mundo, inclusive aqui. Procure casas de câmbio em shoppings ou no centro comercial.

Alimentação

Se prepare pois a comida no Chile costuma ter um valor elevado. Reserve uma quantia segura para a alimentação. Além disso, os chilenos tem como prato principal os mariscos. Alguns pratos famosos e que como turista você precisa conhecer e até provar: Centolla (caranguejo), Chorrillana (batata frita misturada com frango, queijo e ovo frito).

Outro ponto forte do Chile são os vinhos e os vinhedos. Quase uma Roma! Não deixe de provar pois são conhecidos como os melhores do mundo e com preço bem acessível.

Seguro Viagem

Para o Chile não é obrigatório você ter um seguro viagem, porém não importa o destino: é sempre indispensável ir com um seguro. Nunca se sabe o que pode acontecer, portanto é preferível que você esteja prevenido. Eu costumo usar o EASY, que atende pela OMINT. www.easyseguroviagem.com.br

 

Continue Reading