Os benefícios de fazer intercâmbio

Quando começaram a existir as possibilidades de se viajar e estudar ao mesmo tempo, o intuito inicial era apenas para conseguir um diploma internacional e render uma boa vaga de emprego. O destaque no mercado nos fez ir atrás da educação internacional como atributo no currículo. Hoje, é possível notar que essa experiência vai além da colocação profissional.

Além de ser mais acessível hoje poder viajar com intuito de estudar, as opções são inúmeras, tanto de curso como de destino. É possível fazer um curso de inglês com uma turma completamente voltada apenas para adultos que tenham mais de 30 anos em um lugar como Malta, por exemplo. As empresas e escolas se adaptaram aos interesses dos clientes, que mudaram e se tornaram exigentes ao longo do tempo.

Porém, o intercâmbio vai muito além disso. Os benefícios são tantos e vão além da classe, da escola e do diploma. Conviver com pessoas de cultura diferentes talvez seja o primeiro deles. Nunca me esqueço quando alguns orientais se espantaram em saber que comemos feijão com arroz. Pra eles, feijão é doce e só funciona no doce. O intercâmbio também promove dentro de cada um a independência, o fator principal pra se virar sozinho quando se está viajando. Muitas pessoas hoje viajam ainda adolescentes ou após a faculdade, e confesso que é a melhor época pra ir se você ainda está desenvolvendo seu lado adulto.

Outro ponto que é inevitável é fazer amizades, conhecer lugares novos. É imprescindível fazer amizades quando se está no intercâmbio. Esses novos amigos serão sua família por lá, e te farão entender que país, cidade ou idade não são obstáculos. Converso com minha amiga coreana até hoje. Sabe Deus quando vamos nos ver novamente, mas a amizade permanece.

O intercâmbio é uma vida nova, uma vida a parte de tudo que você já viveu na sua cidade natal. Ele desenvolve um novo você, e isso só é perceptível quando você volta pro Brasil. É tão bom e tão intenso, que por isso muitas pessoas nem voltam. O processo de transformação acontece e você nem percebeu. Mas mesmo assim, cresceu da melhor forma possível: fazendo intercâmbio.

Posts Relacionados

Leia também