O que ver em Camden Town

Camden Town

Assim que você sai do metrô na estação Camden Town, o ambiente se transforma. Se você costuma frequentar a região da Av. Paulista, em São Paulo, com certeza vai se identificar nesse bairro maravilhoso de Londres.

Por Camden, a música, o estilo e a arte de rua ocupam espaço e encantam quem passeia por lá. E muuuitas lojinhas de souvenirs, botas de cano longo, camisetas de bandas e memes da internet. Me senti em casa, juro! hahahah. Para andar por lá – e por Londres inteira – você precisa ter mente aberta. Ou melhor, você precisa respeitar o outro. São muitas pessoas diferentes, com estilos diferentes e de países diferentes. Sério, ninguém é igual naquela cidade! Por isso me identifiquei com SP. Só que lá é mais limpinho </3. E prepare-se também para encarar a ENORME QUANTIDADE DE TURISTAS. Aliás, inclusive você! hahahah

Minha principal motivação para conhecer o bairro era ninguém menos que Amy Winehouse. Como fã assídua, já sabia que ela morou e trabalhou por lá. Arrisco dizer que o bairro se tornou mais conhecido depois da passagem de Amy por esse planeta. Não é a toa que você encontra referências à Amy Winehouse por todos os lados: camisetas, pinturas nas paredes.. é bem bonito de ver!

Minha primeira parada em Camden foi o Camden Market, que é um mercado a céu aberto na parte principal do bairro. Lá tem de tudo: souvenirs, roupas – muitas roupas lindas! E o principal: você precisa negociar com o vendedor, pois a maioria vende uma mercadoria igual. Então deixe claro pra ele que se o valor estiver muito acima, você vai comprar em outro lugar. Pechinche muiito! Eu comprei uma blusa lá que eu AMO e uso até hoje, e duas de lã que são super gostosas!

Camden Town, Camden Market

As feirinhas de rua e o público grunge dominam o bairro completamente plural. Por isso digo pra vocês olharem tudo e garimparem preços. Lá também tem muitos barzinhos (os famosos pubs) e feirinhas de comida. Sério, tem muita coisa pra olhar! Vá com libras em espécie e muitas moedas, trocadinhas, e se jogue nas comprinhas de souvenirs para os parentes que ficaram no Brasil.

A galera fica tão de boa por lá que era dia de semana, de tarde e um monte de gente estava sentada em Camden curtindo o final da tarde. Qualidade de vida é outra coisa né?

Andamos mais pela via principal do bairro e demos de cara com o Stables Market, que é um mercado a céu aberto de comidinhas deliciosas, variadas e também com lojinhas interessantes. Porém o objetivo ali era outro: a incrível estátua da Amy Winehouse, construída no dia em que a cantora faria 31 anos, em 14 de setembro de 2014. Gente, imagina uma fã apaixonada vendo a estátua. Eu surtei! É linda, uma homenagem realmente digna. A fila pra tirar foto não é tão grande.. alguns param e olham, outros simplesmente passam. Eu tirei muitas fotos nas duas vezes em que estive em Camden. Emocionada demais!

Camden Town, Amy Winehouse

Camden se tornou rapidamente meu bairro preferido em Londres. Não é a toa que em pouco tempo de viagem, fomos lá duas vezes. Sério, é uma delícia! Gostaria muito de ter a oportunidade de voltar lá e aproveitar com mais calma esse bairro tão plural de Londres <3

Continue Reading

Um pouco sobre Bali, na Indonésia

bali
  • idioma: Indonésio e Balinês, porém o inglês é o mais usado entre os turistas.
  • moeda local: Rupiah (Rp)
  • precisa de visto? Não precisa de visto. Você compra ele na entrada: U$25
  • alta temporada: Julho a Setembro

Localizada na Indonésia, Bali consta na bucketlist de muita gente por conta de suas praias maravilhosas e dignas de serem cenários de cinema. Além disso, o lugar possui uma energia espiritual muito presente e é repleto de tradições interessantes. Com muitos templos de pedra, natureza rica, não tem como não querer explorar esse lugar super diferente!

Para quem vai direto do Brasil pra lá, não existem voos diretos. Portanto, espere no mínimo uma trajetória de pelo menos 24hs até chegar no destino final. E não se esqueça de por uma muda de roupa na sua mala de mão, já que o trânsito entre aeroportos é intenso. Também leve dinheiro vivo trocado, para poder pagar pelo seu visto de entrada na imigração que custa U$25 e tem validade por 30 dias. Quando estiver saindo do aeroporto, procure táxis oficiais e negocie esse valor para chegar até seu hotel para não cair na pegadinha de cobrarem valores exorbitantes!

bali

A ilha também atrai muitos surfistas por suas ondas incríveis, mas não se resume apenas em belas praias. Sua gastronomia é exótica e reserva muitas surpresas. Pelo alto número de turistas que começaram a frequentar a região, o número de hoteis aumentou drasticamente em pouco tempo, reservando muitas opções (inclusive de luxo) para os que viajam para lá.

Os maravilhosos templos estão em ilhas vizinhas, como Uluwatu e Tanah Lot. Esse segundo fica no alto de uma rocha, já em Uluwatu o templo fica praticamente no mar! Vale também visitar Ulun Danu Bratan.  Lembre-se de ir com roupas que cobrem boa parte do corpo ao visitar esses templos e retirar seus sapatos antes de entrar em uma casa ou templo.

bali

bali

Para explorar tudo isso, a melhor maneira é estar de carro em Bali e reservar pelo menos uma semana por lá. Alugar um carro com motorista é melhor ainda, pois além de ser barato você perde menos tempo tentando entender onde ficam os lugares.



Booking.com

Continue Reading

Tudo sobre as Ilhas Seychelles, na África

Seychelles é um paraíso escondido em plena África. Não é um lugar, são vários! É um conjunto de 115 ilhas que fica ao norte de Madagascar, no Oceano Índico. Com águas cristalinas, montanhas e areia branquinha, típico de sonho mesmo! Seychelles possui três ilhas principais a visitar: Mahé, Praslin e La Digue. Local com turismo sustentável, então tudo que você for ver por lá tem uma ideia de sustentabilidade por trás. O idioma local é o inglês, francês e o creole, e é calor o ano todo, ou seja, qualquer época é boa para visitar Seychelles! A única restrição: precisa entrar com o certificado internacional de vacina contra a Febre Amarela!

MAHÉ

É a maior e principal ilha, onde está localizado o aeroporto internacional. Conta com 65 praias, principalmente ao norte da ilha. A mais conhecida: Beau Vallon, com muitas opções hoteleiras. Além disso, Mahé também tem muitas atrações e entretenimento. Vale visitar o Mercado de Mahé (Sir Selwyn Selwyn-Clarke market) pois além de ser turístico é o melhor lugar para comprar frutas, vegetais, peixes frescos e especiarias, além de souvenirs e atmosfera vibrante. Não deixe de visitar o Templo Hindu, construído em 1992 e o Parque Nacional Ste. Anne Marine.

mercado de mahé, seychelles

PRASLIN

considerada patrimônio da UNESCO, a ilha é pequena e dá pra conhecer tudo rapidinho. Dê uma passada nas praias Anse Lazio e Anse Georgette que estão na lista de praias mais bonitas do mundo! Conheça também o Parque Nacional Vallée de Mai.

LA DIGUE

ilha bem menor em relação às outras, e por ser pequena dá pra explorar e conhecer tudinho de bike. Com uma arquitetura incrível na sua orla, a praia Anse Source d’Argent é must go. Possui águas cristalinas, ideal para quem curte praticar mergulho! E se você der sorte, dá pra avistar uma das inúmeras tartarugas gigantes que habitam a ilha! <3

Seychelles é ideal para casais, famílias, grupos de amigos e galera que gosta de esportes e natureza. Possui inúmeras hospedagens de alto luxo, com acesso exclusivo à algumas praias.

Se você quer visitar Seychelles na sua próxima viagem, é possível reservar seu hotel diretamente por aqui, através do Booking.com! Confira abaixo as melhores tarifas:



Booking.com

Continue Reading